Caro visitante,

Caso esteja com problemas de login no fórum sugerimos que peça nova password. Ser-lhe-á enviado um mail com uma nova password e um link de activação da mesma. Esta activação é essencial e sem ela a nova password não funcionará. Caso a nova password não permita o login, contacte a Administração do fórum.

O staff.

PSA confirma interesse em adquirir a Jaguar Land Rover

Todas as novidades sobre o mundo automóvel britânico
Responder
Avatar do Utilizador
PMLXPTO
Administrador
Mensagens: 1780
Registado: quarta 12 jul 2017, 21:13
Localização: Coimbra
Automóvel: '14 Jaguar XF, '99 Land Rover Defender, '91 Rover 214Si

PSA confirma interesse em adquirir a Jaguar Land Rover

#1

Mensagem por PMLXPTO » segunda 08 abr 2019, 19:28

O chefe do grupo PSA, Carlos Tavares, afirmou que consideraria uma fusão ou aquisição da Jaguar Land Rover.


Imagem


Tavares tem sido aberto sobre a expansão da PSA que actualmente detém as marcas Citroën, DS, Peugeot e Vauxhall/Opel, através de aquisições ou parcerias com outras empresas.

Numa entrevista à Autocar India, Tavares foi questionado sobre os rumores que afirmavam existir um interesse da PSA na Jaguar Land Rover, propriedade da empresa indiana Tata Motors. O português respondeu que seria bom para a PSA ter uma marca de luxo e que a empresa estava “a considerar todas as oportunidades”, acrescentando que estaria interessada “desde que não seja uma distracção”.

Tavares afirmou que ainda não havia discussões com a Tata Motors sobre a Jaguar Land Rover. Também disse que “não temos uma meta específica, mas se houver oportunidades, é claro, vamos considerá-las”.

Questionada sobre a adição de uma marca de luxo que se situaria acima da DS, Tavares disse: “Por que não? Por que não devemos discutir isso? Depende de que tipo de criação de valor poderíamos gerar”.

A Jaguar Land Rover tem lutado nos últimos meses, atingida pela queda na procura por motores diesel e pelo declínio do mercado chinês. As perdas pesadas recentes, incluindo uma desvalorização de activos, também fizeram com que o Grupo Tata registasse uma perda trimestral.

Tavares citou o sucesso da PSA em dar a volta às contas da Vauxhall/Opel, que registou seu primeiro lucro em 20 anos recentemente, sugerindo que poderia ter um impacto semelhante sobre a empresa britânica: “Com a Opel, demonstrámos que podemos virar uma empresa que estava no vermelho há 20 anos, em 12 meses, portanto isso é algo que sabemos fazer.”

Tavares afirmou que o foco actual do grupo era a sua estratégia “Push to Pass” para expandir a presença global da empresa, incluindo a expansão para os mercados americano, russo e indiano.

Num comunicado à Autocar India, a Tata Motors informou que a Jaguar Land Rover não estava à venda. Um porta-voz disse: “Não há verdade nos rumores de que a Tata Motors quer vender a sua participação na JLR”.

Após as perdas de 2018 da Jaguar Land Rover, o chefe da Tata já havia afirmado seu compromisso com a empresa.

A família Peugeot, que detém a maior participação no Grupo PSA, anunciou recentemente que financiaria futuras fusões ou aquisições, inclusive com o Grupo FCA.

Responder

Voltar para “Notícias”